• Tue. Dec 6th, 2022

Dead Kennedys baterista DH Peligro morre aos 63 anos



O baterista de longa data do Dead Kennedys, DH Peligro, morreu na sexta-feira (28 de outubro) aos 63 anos.

De acordo com um comunicado da banda, Peligro morreu “de trauma na cabeça causado por uma queda acidental” em sua casa em Los Angeles. “Os acordos estão pendentes e serão anunciados nos próximos dias. Pedimos que respeitem a privacidade da família durante este período difícil. Obrigado por seus pensamentos e palavras de conforto”, acrescentou o comunicado.

DH Peligro, que nasceu Darren Henley, substituiu o baterista original do Dead Kennedys Ted (Bruce Slesinger) em 1981. Ele fez sua estréia no EP Em Deus Confiamos, Inc.e também tocou bateria nos álbuns Desastres de Cirurgia Plástica, frankenchriste Hora de dormir para a democraciamais coleção de singles/raridades, Dê-me conveniência ou dê-me a morte.

Após a separação inicial do Dead Kennedys em 1986, Peligro se juntou ao Red Hot Chili Peppers como substituto do baterista Jack Irons. Seu mandato na banda foi breve, no entanto, ele foi demitido depois de menos de um ano devido a problemas com drogas e álcool. Ele contribuiu para três músicas no álbum de 1989 do Chili Peppers Leite da mãeincluindo “Taste the Pain”, “Stone Cold Bush” e “Sexy Mexican Maid”.

Peligro se reuniu com seus companheiros de banda Dead Kennedys (menos o cantor Jello Biafra) em 2011 e permaneceu atrás do kit até 2008. Após um breve hiato, ele retornou à banda punk em 2009 e foi membro até sua morte.

Peligro também tocou em várias outras bandas, incluindo Nailbomb e The Feederz, e lançou músicas em seu próprio nome.